Informação PCM-Portugal

O Pro Cycling Manager 2018 já está disponível! Podes acompanhar todas as novidades sobre o novo jogo da saga PCM nesta secção!

Data/Hora: 21 out 2018, 05:08

Os Horários são TMG [ DST ]




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 19 mensagens ]  Ir para página 1, 2  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:23 
Membro de Bronze
Membro de Bronze
Avatar do Utilizador

Registado: 29 set 2015, 17:43
Mensagens: 2552
Bom dia a todos!

Peço desculpa por não ter conseguido escrever esta crónica na quarta-feira como é habitual mas logo a seguir à etapa do Tour acabar, tive que ir a Lisboa e só voltei de madrugada. Mas vamos ao que interessa. Hoje irei debater um tema que surgiu a propósito de um acontecimento bastante aborrecido que nos fez relembrar a diferença entre o Tour de France e o Giro d'Italia: a etapa 3 do Tour 2016 que ligou Granville a Angers. Nesta crónica, irei comparar os percursos do Giro, do Tour e da Vuelta dos últimos anos e também irei elaborar um top-10 dos melhores percursos destas três corridas da década presente.

Antigamente achava deprimente ver o Tour na primeira semana. Uma primeira semana como aquela que tivémos no Tour do ano passado (que se resume a vento + pave + muros) é um acontecimento raro numa corrida como o Tour de France e quanto mais andamos para trás no tempo pior são os percursos das primeiras semanas do Tour, salvo raras exceções que não me recordo. Lembro-me de ver o Tour na casa dos meus avós que adoravam ciclismo porque o meu pai e a minha mãe trabalhavam durante o dia e lembro-me da minha avó se queixar que não acontecia nada nas primeiras etapas do Tour. Mas apesar disso tudo, achava o Tour a melhor corrida do mundo porque nunca tinha visto o Giro ou a Vuelta.

Foi a partir de 2012 que comecei a acompanhar a Vuelta e achei logo que esta era melhor que o Tour. Só em 2014 acompanhei o Giro regularmente (sem ser só aos fins de semana porque tinha sempre aulas à tarde) e mesmo assim achava a Vuelta melhor. Após a combinação de 2 Giros que foram os melhores dos últimos anos (2015 e 2016) e depois da desgraça que foi a Vuelta 2015, comecei a preferir o Giro até aos tempos atuais.

Achei o percurso do Tour do ano passado um dos melhores percursos do Tour dos últimos 10 anos, apesar da falta de contrarrelógio e pensei que o Tour finalmente tinha aprendido alguma coisa com o Giro. Mas não. Este ano tudo regressa a um nível bastante baixo: chegadas planas sem interesse nenhum, ausência de uma chegada em alto forte que faça a diferença na primeira etapa dos Pirinéus, a subida de Arcalis que deve ser das piores subidas em Andorra e uma última etapa sem criatividade nenhuma, tratando-se de uma cópia quase exata da etapa 20 da Vuelta 2015 (até tem uma pequena chegada a 3%).

Os percursos do Giro são sempre os melhores, com uma primeira semana "colinosa" como diz o Luís Piçarra, com uma ou duas chegadas longas mas de pouca dureza. E a partir da etapa 14, normalmente, a altíssima montanha começa e só para no último dia, que habitualmente tem tido um circuito no centro histórico de uma cidade que faz diferenças.

Os percursos do Tour simplesmente têm excesso de etapas planas na 1ª semana, por vezes. Mas nas restantes semanas, nao há nada a apontar à Grande Boucle na 2ª e na 3ª semana.

Na Vuelta, os percursos têm sido os piores. Apesar da 1ª semana estar quase ao nível da do Giro d'Italia, as outras duas têm vivido ou à conta de Alberto Contador ou à conta de uma etapa durinha em Andorra. Um exemplo disso é a Vuelta 2015. Depois de ver a forma como o pelotão se partia num grupo de 20 depois do ataque de Nairo Quintana em Caminito del Rey, pensei que a Vuelta iria ser um espetáculo enorme. E foi até à etapa 11. Já sabia que a chegada a Alto Campoo não iria fazer grandes diferenças mas a chegada a Sotres foi a que mais me desiludiu porque pela primeira vez na vida uma primeira categoria com mais de 12 km e com pendente média de 8% a fazer tantas diferenças para os 10 primeiros como, por exemplo, o Alto del Naranco (5.7 km a 6.1%). A subida de Ermita de Alba simplesmente foi aborada de forma ridícula pelos ciclistas, assustados pelos mais de 11% de pendente média. Só a etapa 20 dessa Vuelta proporcionou um bom espetáculo e lá está, acabava em descida após uma passagem pela Morcuera e por Navacerrada. Se fizessem essa Vuelta desta maneira (Etapa 1-11 + Etapa 17-21), tinha sido muito melhor.

Fiquei parvo quando vi quase todas as chegadas que fracassaram nos últimos anos da Vuelta juntas numa única Vuelta. Continuam a insistir nas súbidas a mais de 10% de média para chegadas em alto. Apesar da organização afirmar que o percurso não é mais duro por causa dos Jogos Olímpicos, a inexperiência dos designers da Vuelta a fazerem percursos soft não deixa de vir ao de cima. Para estas duas etapas cujo prefil irei apresentar aqui em baixo, eu pergunto-me "O que é isto?".

Imagem

Imagem


Por fim, fica aqui o meu top-10 dos melhores percursos da década presente. Podem também fazer o vosso top-10 nos comentários, visto que alguns membros aqui lembram-se melhor de alguns percursos mais antigos em particular.

1º - Giro 2015 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=116944&c=4
2º - Tour 2015 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=149964&c=4
3º - Giro 2013 (original porque houve muitas subidas não realizadas devido a razões meteorológicas) - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=149921&c=4
4º - Tour 2014 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=124228&c=4
5º - Vuelta 2013 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=116891&c=4
6º - Giro 2011 - [url]http://www.procyclingstats.com/race.php?id=109920&c=4[url]
7º - Giro 2016 - http://www.procyclingstats.com/race.php?c=4&id=163693
8º - Giro 2014 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=139069&c=4
9º - Tour 2011 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=110703&c=4
10º - Vuelta 2014 - http://www.procyclingstats.com/race.php?id=139153&c=4

Na próxima semana, espero conseguir escrever esta crónica na quarta-feira e ainda terei que pensar sobre o que irei escrever.


Editado pela última vez por Sadinus em 07 jul 2016, 13:33, num total de 1 vez.

Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:27 
Dei uma mini ao Veloso
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 06 jun 2011, 12:07
Mensagens: 13496
Localização: Bastuço S. João - Barcelos
Não meteste logo aí aquele que foi o melhor percurso de longe, na minha opinião, o do Tour de 2011. Excelente percurso e excelentes corredores a dar espectáculo. :heart:

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:27 
Alezz Rolland!!
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 28 dez 2010, 00:25
Mensagens: 14744
Localização: Ponte de Sôr
Conseguiste esquecer-te do Giro mais brutal em termos de dureza nos últimos largos anos, o de 2011. :P

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:32 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 16 jun 2010, 18:25
Mensagens: 10447
Localização: Leça da Palmeira/ Vila Pouca de Aguiar
Esqueceu foi do Tpur 2011.

Eu continuo a achar que as etapas planas na primeira semana(nao todas claro) fazem muita falta.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:34 
Membro de Platina
Membro de Platina

Registado: 14 jul 2009, 21:07
Mensagens: 11754
chaves_andre Escreveu:
Esqueceu foi do Tpur 2011.

Eu continuo a achar que as etapas planas na primeira semana(nao todas claro) fazem muita falta.


Concordo. São uma das imagens de marca do Tour.


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:35 
Membro de Bronze
Membro de Bronze
Avatar do Utilizador

Registado: 29 set 2015, 17:43
Mensagens: 2552
Tópico alterado. Esqueci-me também do Tour 2011 porque as diferenças feitas foram poucas. Mas o percurso realmente era muito bom.


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:38 
Membro de Bronze
Membro de Bronze
Avatar do Utilizador

Registado: 29 set 2015, 17:43
Mensagens: 2552
chaves_andre Escreveu:
Esqueceu foi do Tpur 2011.

Eu continuo a achar que as etapas planas na primeira semana (não todas claro) fazem muita falta.


Já foram muito mais aborrecidas em 2009/2010 por ganhar sempre o mesmo. Mas recordo-me de uma etapa com final em Lille que passava nalgumas colinas a meio da etapa, nomeadamente em Cassel no Tour 2014. Foi espetacular: houve cortes na descida em empedrado, o Voeckler seguiu sozinho por quase 60 kms e o final era numa subida a 2% e o sprint foi apertado, não sendo uma vitória fácil do Kittel.


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:42 
Alezz Rolland!!
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 28 dez 2010, 00:25
Mensagens: 14744
Localização: Ponte de Sôr
Porra o percurso do Giro de 2011 era melhor que o do Tour, pelo menos foi a ideia geral na altura. O percurso em si era melhor embora os ciclistas fossem diferentes. Mas o Giro de 2011 só não foi tão awesome como o Tour desse mesmo ano porque o Contador era claramente mais forte mas houve espetáculo praticamente todos os dias a partir da última semana. Mas claro que esse Tour será sempre muito especial, mas não se esqueçam que até Gap o Tour estava a ser completamente apático basta lembrar as chegadas nos Pirenéus em que praticamente não houveram ataques, lembro-me do Vanendert, Samuel Sanchéz, Voeckler a aguentar com o Rolland e um ataque do Fränk Schleck quando ainda se pensava que o Andy não estava forte para esse Tour.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:54 
Lenda do Ciclismo
Lenda do Ciclismo
Avatar do Utilizador

Registado: 21 abr 2012, 21:59
Mensagens: 7193
Localização: Coimbra
Roche Escreveu:
Porra o percurso do Giro de 2011 era melhor que o do Tour, pelo menos foi a ideia geral na altura. O percurso em si era melhor embora os ciclistas fossem diferentes. Mas o Giro de 2011 só não foi tão awesome como o Tour desse mesmo ano porque o Contador era claramente mais forte mas houve espetáculo praticamente todos os dias a partir da última semana. Mas claro que esse Tour será sempre muito especial, mas não se esqueçam que até Gap o Tour estava a ser completamente apático basta lembrar as chegadas nos Pirenéus em que praticamente não houveram ataques, lembro-me do Vanendert, Samuel Sanchéz, Voeckler a aguentar com o Rolland e um ataque do Fränk Schleck quando ainda se pensava que o Andy não estava forte para esse Tour.

Oh Roche nem acredito que estás a falar mal do Tour...
Sim os Pirenéus foram uma oops mas o resto do Tour foi espectacular! A primeira semana foi fabulosa, com a vitória do Evans sobre o Contador e com a jornada épica do Hushovd pela camisola amarela, que etapa após etapa aguentava a liderança com um segundo de vantagem ( passou Super Besse com os melhores!). Tiveste a vitória do Costa que em termos de emoção foi das coisas mais incríveis que já vi e a queda do Hoogerland e do Flecha no maciço central.
E depois tiveste os Alpes... Hushovd vs Roy vs Moucontie :heart:, Hushovd +Hesjedal vs EBH! E claro tiveste aquela etapa do Galibier que vale por um Tour sozinho! Sem esquecer o Alpe de Huez onde o Beto se lançou no km 0.
Esse Tour foi tão bom que até o Contador foi errabado.


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:58 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 16 jun 2010, 18:25
Mensagens: 10447
Localização: Leça da Palmeira/ Vila Pouca de Aguiar
Walter Morgan Escreveu:
chaves_andre Escreveu:
Esqueceu foi do Tpur 2011.

Eu continuo a achar que as etapas planas na primeira semana(nao todas claro) fazem muita falta.


Concordo. São uma das imagens de marca do Tour.


Até pell simbolismo da verde e dos grandes blocos das equipas para os melhores sprinters do mundo

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 13:59 
Dei uma mini ao Veloso
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 06 jun 2011, 12:07
Mensagens: 13496
Localização: Bastuço S. João - Barcelos
Hushovd vs Roy vs Moucontie foi nos Pireneus, numa chegada a Lourdes depois de subirem o Aubisque.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 14:09 
Alezz Rolland!!
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 28 dez 2010, 00:25
Mensagens: 14744
Localização: Ponte de Sôr
Nostradamus Escreveu:
Roche Escreveu:
Porra o percurso do Giro de 2011 era melhor que o do Tour, pelo menos foi a ideia geral na altura. O percurso em si era melhor embora os ciclistas fossem diferentes. Mas o Giro de 2011 só não foi tão awesome como o Tour desse mesmo ano porque o Contador era claramente mais forte mas houve espetáculo praticamente todos os dias a partir da última semana. Mas claro que esse Tour será sempre muito especial, mas não se esqueçam que até Gap o Tour estava a ser completamente apático basta lembrar as chegadas nos Pirenéus em que praticamente não houveram ataques, lembro-me do Vanendert, Samuel Sanchéz, Voeckler a aguentar com o Rolland e um ataque do Fränk Schleck quando ainda se pensava que o Andy não estava forte para esse Tour.

Oh Roche nem acredito que estás a falar mal do Tour...
Sim os Pirenéus foram uma oops mas o resto do Tour foi espectacular! A primeira semana foi fabulosa, com a vitória do Evans sobre o Contador e com a jornada épica do Hushovd pela camisola amarela, que etapa após etapa aguentava a liderança com um segundo de vantagem ( passou Super Besse com os melhores!). Tiveste a vitória do Costa que em termos de emoção foi das coisas mais incríveis que já vi e a queda do Hoogerland e do Flecha no maciço central.
E depois tiveste os Alpes... Hushovd vs Roy vs Moucontie :heart:, Hushovd +Hesjedal vs EBH! E claro tiveste aquela etapa do Galibier que vale por um Tour sozinho! Sem esquecer o Alpe de Huez onde o Beto se lançou no km 0.
Esse Tour foi tão bom que até o Contador foi errabado.

Eu não disse que não foi top apenas tentei defender um Giro que adorei. :mrgreen:
Na etapa do Alpe D'Huez ele não se lançou do km0 lançou-se do sopé do Telegraphe e essa foi a melhor etapa desse Tour e talvez a melhor que já vi. Contador ataca de longe, o problema na corrente do Evans, o esforço do Voeckler, a descida do Evans, Rolland vs Contador vs Sanchez e um jovem Rui Costa metido no meio, foi simplesmente brutal!
Mas no Giro 2011 também tiveste enorme espetáculo com Rujano, Nibali, Scarponi e a dupla Gadret/Dupont a tentar deixar o Beto para trás e vitórias como a do Antón ou Nieve. :P

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 14:10 
Membro de Bronze
Membro de Bronze
Avatar do Utilizador

Registado: 29 set 2015, 17:43
Mensagens: 2552
dvdgms Escreveu:
Hushovd vs Roy vs Moucontie foi nos Pireneus, numa chegada a Lourdes depois de subirem o Aubisque.


Pessoalmente adoro quando usam o Aubisque. O pior é que a etapa da Vuelta deste ano com o Aubisque vai ter que valer como uma Vuelta inteira.


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 14:12 
Lenda do Ciclismo
Lenda do Ciclismo
Avatar do Utilizador

Registado: 21 abr 2012, 21:59
Mensagens: 7193
Localização: Coimbra
O percurso do Giro era horrível, era super desequilibrado, não havia sequer uma etapa plana na última semana, era um percurso super perigoso, basta lembrar a etapa onde queriam passar o Crostis...


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 07 jul 2016, 20:09 
Dei uma mini ao Veloso
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 06 jun 2011, 12:07
Mensagens: 13496
Localização: Bastuço S. João - Barcelos
Roche o Giro 11 foi um exagero de montanha. O Tour foi muito mais equilibrado, boas etapas no Maciço Central, grandes etapas de montanha e mesmo na média montanha houve espetáculo.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 19 mensagens ]  Ir para página 1, 2  Próximo

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group Color scheme by ColorizeIt!
Traduzido por phpBB Portugal