Informação PCM-Portugal

Está na estrada a 46ª Volta ao Algarve! Podes acompanhar a corrida a par e passo na nossa secção especial da Algarvia!

O Pro Cycling Manager 2019 já está disponível! Podes acompanhar todas as novidades sobre o novo jogo da saga PCM nesta secção!

Data/Hora: 26 Fev 2020, 07:26

Os Horários são TMG




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 10060 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 667, 668, 669, 670, 671

Concordas com a despenalização da morte medicamente assistida?
Sim 74%  74%  [ 14 ]
Não 11%  11%  [ 2 ]
Por favor não matem os velhinhos 16%  16%  [ 3 ]
Total de votos : 19
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 13 Fev 2020, 23:37 
O Cepo
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 08 Ago 2009, 14:53
Mensagens: 9886
xanuh Escreveu:
Eu sou contra o referendo, não faz sentido, estamos numa democracia representativa, os deputados estão lá a representar-nos, e pior ainda, não se devem referendar direitos individuais! Que sentido faz ou o que adianta, se 51% da população responde "sim" ou "não" sobre a eutanásia? Não faz sentido até porque a lei irá ter sempre diversos aspectos técnicos que irão obviamente limitá-la, não vai ser chegar a um gabinete e pedir para morrer. Se formos referendar é isso que vai acontecer, vamos ter do lado do "não" esse tipo de argumentos, quando o que está depois em causa caso fosse aprovado não é sequer isso.

Engraçado também como só existe "sobressalto" na nossa sociedade e pedidos de referendos quando se tratam de temas que incomodam a Igreja (aborto, casamento gay, eutanásia), que coincidência..cof cof... mas sobre merdas bem mais importantes e que poderiam ser referendadas não se ouve uma palavra. Mas pronto, nas próximas semanas as missas vão ser bem animadas pelas igrejas deste país lol

E já agora, a minha opinião sobre a eutanásia, concordo que sejam criados e se invista mais nos cuidados paliativos e essa seja a prioridade, mas sei (e sei também por experiência pessoal) que há casos onde a medicina não consegue aliviar o sofrimento e onde prolongar a vida da pessoa é de uma "tortura" brutal para a mesma e para os mais próximos. Nesses casos não posso nunca ser contra a liberdade dessa pessoa de morrer com dignidade. Sou obviamente a favor, embora não se possa nunca banalizar esse aspecto e é preciso criar normas para que não se torne numa "solução fácil".



Por acaso acho que existe uma certa generalização em parte indevida face aos católicos. Sei que te referes à igreja e não necessariamente aos crentes, mas aproveito isso porque é uma sensação que tenho, e que, por estar por dentro da comunidade cristã vejo que principalmente nos grupos mais jovens existe uma maneira de pensar na igreja e na sociedade que está já atualmente desfasada daquilo que é a imagem que o cidadão comum (pelo que observo, claro) tem dos cristãos. A questão do aborto, da homossexualidade, da eutanásia, etc, gera bastante debate entre o pessoal mais novo que se alinha com a fé mas que ao mesmo tempo não vive de forma quadrada e sente que a igreja não está adaptada àquilo que é a sociedade de hoje, e ao mundo de hoje, e que se estão a forçar valores que em última instância se tornam desumanos.

Com isto não quero dizer que não há gente quadrada, naturalmente que há. E respeito tanto os quadrados de um lado como do outro, mas queria apenas dizer que tenho sentido que é tudo metido no mesmo saco, quando há pessoas que estão abertas ao debate e que, estando dentro da prática da igreja, levantam questões e sentem que é possível que seja tempo de haver evolução/adaptação.

_________________
Imagem

deviantART


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 13 Fev 2020, 23:56 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 25 Ago 2007, 22:41
Mensagens: 12503
Localização: Leiria
Kazam Escreveu:
xanuh Escreveu:
Eu sou contra o referendo, não faz sentido, estamos numa democracia representativa, os deputados estão lá a representar-nos, e pior ainda, não se devem referendar direitos individuais! Que sentido faz ou o que adianta, se 51% da população responde "sim" ou "não" sobre a eutanásia? Não faz sentido até porque a lei irá ter sempre diversos aspectos técnicos que irão obviamente limitá-la, não vai ser chegar a um gabinete e pedir para morrer. Se formos referendar é isso que vai acontecer, vamos ter do lado do "não" esse tipo de argumentos, quando o que está depois em causa caso fosse aprovado não é sequer isso.

Engraçado também como só existe "sobressalto" na nossa sociedade e pedidos de referendos quando se tratam de temas que incomodam a Igreja (aborto, casamento gay, eutanásia), que coincidência..cof cof... mas sobre merdas bem mais importantes e que poderiam ser referendadas não se ouve uma palavra. Mas pronto, nas próximas semanas as missas vão ser bem animadas pelas igrejas deste país lol

E já agora, a minha opinião sobre a eutanásia, concordo que sejam criados e se invista mais nos cuidados paliativos e essa seja a prioridade, mas sei (e sei também por experiência pessoal) que há casos onde a medicina não consegue aliviar o sofrimento e onde prolongar a vida da pessoa é de uma "tortura" brutal para a mesma e para os mais próximos. Nesses casos não posso nunca ser contra a liberdade dessa pessoa de morrer com dignidade. Sou obviamente a favor, embora não se possa nunca banalizar esse aspecto e é preciso criar normas para que não se torne numa "solução fácil".



Por acaso acho que existe uma certa generalização em parte indevida face aos católicos. Sei que te referes à igreja e não necessariamente aos crentes, mas aproveito isso porque é uma sensação que tenho, e que, por estar por dentro da comunidade cristã vejo que principalmente nos grupos mais jovens existe uma maneira de pensar na igreja e na sociedade que está já atualmente desfasada daquilo que é a imagem que o cidadão comum (pelo que observo, claro) tem dos cristãos. A questão do aborto, da homossexualidade, da eutanásia, etc, gera bastante debate entre o pessoal mais novo que se alinha com a fé mas que ao mesmo tempo não vive de forma quadrada e sente que a igreja não está adaptada àquilo que é a sociedade de hoje, e ao mundo de hoje, e que se estão a forçar valores que em última instância se tornam desumanos.

Com isto não quero dizer que não há gente quadrada, naturalmente que há. E respeito tanto os quadrados de um lado como do outro, mas queria apenas dizer que tenho sentido que é tudo metido no mesmo saco, quando há pessoas que estão abertas ao debate e que, estando dentro da prática da igreja, levantam questões e sentem que é possível que seja tempo de haver evolução/adaptação.


Sim, quando falei ali da igreja era de forma literal, não estava a falar dos católicos no geral mas sim da igreja enquanto instituição, qie está cada vez mais arcaica e ultrapassads, parece-me, usando sempre os piores argumentos possíveis nestes assuntos .

Quanto à comunidade católica, em especial os grupos católicos jovens, óbvio que há de tudo. Há os que falas mas também conheço, e muito aqui em Lisboa, daqueles grupos de jovens católicos que parecem vindos do seculo passado, normalmente super betos, completamente retrógradas e que me metem vergonha alheia. Como dizes, ha de tudo, e nao era esse o meu ponto.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 14 Fev 2020, 01:30 
Battaglin és o meu grande amor
Membro de Prata
Membro de Prata
Avatar do Utilizador

Registado: 17 Jul 2012, 11:31
Mensagens: 3767
xanuh Escreveu:
Kazam Escreveu:
xanuh Escreveu:
Eu sou contra o referendo, não faz sentido, estamos numa democracia representativa, os deputados estão lá a representar-nos, e pior ainda, não se devem referendar direitos individuais! Que sentido faz ou o que adianta, se 51% da população responde "sim" ou "não" sobre a eutanásia? Não faz sentido até porque a lei irá ter sempre diversos aspectos técnicos que irão obviamente limitá-la, não vai ser chegar a um gabinete e pedir para morrer. Se formos referendar é isso que vai acontecer, vamos ter do lado do "não" esse tipo de argumentos, quando o que está depois em causa caso fosse aprovado não é sequer isso.

Engraçado também como só existe "sobressalto" na nossa sociedade e pedidos de referendos quando se tratam de temas que incomodam a Igreja (aborto, casamento gay, eutanásia), que coincidência..cof cof... mas sobre merdas bem mais importantes e que poderiam ser referendadas não se ouve uma palavra. Mas pronto, nas próximas semanas as missas vão ser bem animadas pelas igrejas deste país lol

E já agora, a minha opinião sobre a eutanásia, concordo que sejam criados e se invista mais nos cuidados paliativos e essa seja a prioridade, mas sei (e sei também por experiência pessoal) que há casos onde a medicina não consegue aliviar o sofrimento e onde prolongar a vida da pessoa é de uma "tortura" brutal para a mesma e para os mais próximos. Nesses casos não posso nunca ser contra a liberdade dessa pessoa de morrer com dignidade. Sou obviamente a favor, embora não se possa nunca banalizar esse aspecto e é preciso criar normas para que não se torne numa "solução fácil".



Por acaso acho que existe uma certa generalização em parte indevida face aos católicos. Sei que te referes à igreja e não necessariamente aos crentes, mas aproveito isso porque é uma sensação que tenho, e que, por estar por dentro da comunidade cristã vejo que principalmente nos grupos mais jovens existe uma maneira de pensar na igreja e na sociedade que está já atualmente desfasada daquilo que é a imagem que o cidadão comum (pelo que observo, claro) tem dos cristãos. A questão do aborto, da homossexualidade, da eutanásia, etc, gera bastante debate entre o pessoal mais novo que se alinha com a fé mas que ao mesmo tempo não vive de forma quadrada e sente que a igreja não está adaptada àquilo que é a sociedade de hoje, e ao mundo de hoje, e que se estão a forçar valores que em última instância se tornam desumanos.

Com isto não quero dizer que não há gente quadrada, naturalmente que há. E respeito tanto os quadrados de um lado como do outro, mas queria apenas dizer que tenho sentido que é tudo metido no mesmo saco, quando há pessoas que estão abertas ao debate e que, estando dentro da prática da igreja, levantam questões e sentem que é possível que seja tempo de haver evolução/adaptação.


Sim, quando falei ali da igreja era de forma literal, não estava a falar dos católicos no geral mas sim da igreja enquanto instituição, qie está cada vez mais arcaica e ultrapassads, parece-me, usando sempre os piores argumentos possíveis nestes assuntos .

Quanto à comunidade católica, em especial os grupos católicos jovens, óbvio que há de tudo. Há os que falas mas também conheço, e muito aqui em Lisboa, daqueles grupos de jovens católicos que parecem vindos do seculo passado, normalmente super betos, completamente retrógradas e que me metem vergonha alheia. Como dizes, ha de tudo, e nao era esse o meu ponto.


Por isso mesmo às vezes não digo que sou católico. Automaticamente associam a beto, de direita, conservador, etc. Eu tenho os meus valores e as minhas convicções, nem sempre alinhadas com a opinião dominante na Igreja, e isso não faz de mim menos católico (pelo menos acho eu). Sou pró-LGBT, pró-divórcio, pró-relações sexuais pré-maritais, etc. Por acaso no aborto e na eutanásia compartilho a visão da Igreja, mas às vezes tenho vergonha de compartilhar a minha fé, porque automaticamente sei a carrada de preconceitos que caem automaticamente.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 14 Fev 2020, 09:55 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 09 Jul 2009, 01:55
Mensagens: 16702
tozequio Escreveu:
Resende Escreveu:
Thierry Henry Escreveu:
Mas se és dessa opinião, o que te leva a achar o referendo uma opção válida? Implicitamente, o referendo vai decidir se deixamos "as pessoas fazerem aquilo que acharem nelhor quando se encontrarem nessa situação" ou não.

É um referendo em que decide a população ou uma votação em que decidem cento e tal pessoas, a maioria com possibilidades que o comum mortal não tem de procurar vias alternativas de tratamento e com uma educação, muitas vezes, bastante conservadora.

Pessoalmente acho que dar o poder de decisão à população neste aspeto é o mais sensato, mesmo sabendo que ainda existe uma quantidade considerável de pessoas que votam sem conhecimento de causa.
Ora aí está o grande problema dos referendos. Basta ver o do Brexit, e a população britânica tem uma maior literacia do que a nossa...


Quando qualquer coisa fica mais à conta que outra, diz a natureza humana e a sua história, investe-se na mais barata do que na mais cara. Com a eutánaisa como opção, devia-se ainda dar mais prioridade aos cuidados paliativos. Porque há pessoas que querem morrer e outras viver.

Eu sou a favor da eutanásia simplesmente porque não quero decidir o que os outros devem fazer.

Alguém referiu a infantilizarão que existe no lares. Devia começar a haver uma formação obrigatória para as pessoas que trabalham nestes lares. É das coisas mais tristes entrar num lar e ver enfermeiras/os a tratar as pessoas como crianças. Mas isso é outro assunto.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 14 Fev 2020, 09:59 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 01 Out 2008, 19:45
Mensagens: 13969
Localização: Buenos Aires, Argentina
Grande ponto do Thierry Henry ali atrás. A Eutanásia ao pé da legitimidade de um referendo é peaners.

Daqui a uns tempos estamos a referendar se se pode comer carne ou ir a touradas. No meu post inicial digo PCP tomou duas decisões, ser contra o referendo e ser contra a eutanásia. Felizmente acertaram na mais importante.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 16 Fev 2020, 17:01 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 25 Ago 2007, 22:41
Mensagens: 12503
Localização: Leiria
https://expresso.pt/sociedade/2020-02-1 ... -eutanasia

Eu estava a adivinhar eheh

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 16 Fev 2020, 17:39 
Battaglin és o meu grande amor
Membro de Prata
Membro de Prata
Avatar do Utilizador

Registado: 17 Jul 2012, 11:31
Mensagens: 3767
Eu fui e o padre não falou nada disso por acaso :mrgreen:


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 17 Fev 2020, 09:30 
Administrador
Administrador
Avatar do Utilizador

Registado: 21 Ago 2007, 01:49
Mensagens: 30408
Localização: Vila Nova de Gaia
Classe pura.

Imagem
Imagem



xanuh Escreveu:
https://expresso.pt/sociedade/2020-02-16-O-tema-central-das-missas-deste-domingo-em-Portugal--A-eutanasia

Eu estava a adivinhar eheh
Lamentável esta postura da Igreja. Uma coisa é terem a sua opinião sobre o assunto, outra coisa é praticamente fazerem propaganda política de forma concertada. Depois admiram-se que as pessoas cada vez mais se afastem da religião quando continuam a não deixar as pessoas pensar pela sua própria cabeça em pleno século XXI.



zeduarte 10 Escreveu:
Grande ponto do Thierry Henry ali atrás. A Eutanásia ao pé da legitimidade de um referendo é peaners.

Daqui a uns tempos estamos a referendar se se pode comer carne ou ir a touradas. No meu post inicial digo PCP tomou duas decisões, ser contra o referendo e ser contra a eutanásia. Felizmente acertaram na mais importante.
Eu acho que devíamos referendar sobre se devia haver um referendo. 8-[

_________________
Imagem
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 20 Fev 2020, 14:30 
Administrador
Administrador
Avatar do Utilizador

Registado: 21 Ago 2007, 01:49
Mensagens: 30408
Localização: Vila Nova de Gaia
Já está o arraial montado em frente à Assembleia da República devido à votação de hoje sobre os projetos de lei para a despenalização da eutanásia.
https://observador.pt/2020/02/20/eutana ... republica/

Citar:
O ex-líder do CDS Ribeiro e Castro também se juntou à manifestação e diz que o que se vai hoje discutir na Assembleia da República é uma “ameaça à democracia”. “Nos programas eleitorais, o PS e o Iniciativa Liberal não abordaram o tema, por isso não têm legitimidade para debater e votar”. E arranca aplausos quando recorda a frase “não matem os velhinhos”, que se tornou mediática no debate de 2017.

:mrgreen:

_________________
Imagem
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Politiquices
MensagemEnviado: 20 Fev 2020, 15:13 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 01 Out 2008, 19:45
Mensagens: 13969
Localização: Buenos Aires, Argentina
Acho que o tema do aeroporto está bem mais interessante que o da Eutanásia. A assembleia não pode impedir a mudança da lei?

Este Pedro Nuno Santos é que era a grande esperança da ala esquerda do PS?


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 10060 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 667, 668, 669, 670, 671

Os Horários são TMG


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group Color scheme by ColorizeIt!
Traduzido por phpBB Portugal