Informação PCM-Portugal

Está na estrada o Tour de France 2019! Podes acompanhar tudo sobre o Tour aqui!

O Pro Cycling Manager 2018 já está disponível! Podes acompanhar todas as novidades sobre o novo jogo da saga PCM nesta secção!

Data/Hora: 16 jul 2019, 16:13

Os Horários são TMG [ DST ]




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 26 mensagens ]  Ir para página 1, 2  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 02 mai 2019, 13:26 
Tá a chorare?
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 06 jun 2011, 12:07
Mensagens: 14488
Localização: Bastuço S. João - Barcelos
NOVO MODELO LV 2020/2021

Antes de iniciarmos o período de transferências e substituições a organização da LV vem anunciar a nova estrutura para a LV, que começará a ter repercussões já no próximo ano, sendo que a sua aplicação plena apenas se verificará em 2021.

Comecemos então por apresentar aquela que será a nova estrutura de planteís, sendo que com este modelo teremos o mesmo número de corredores por grupo (WT, Continental, Sub23 e PT) em ambas as divisões. Esta alteração visa trazer uma maior simplicidade ao jogo e também maior equilíbrio, e será também importante na forma como se processará o draft (como perceberão mais à frente).

Imagem

A estrutura é simples de entender e com base no modelo que já estão habituados, neste momento reside apenas uma dúvida que merece a consulta dos jogadores: Os corredores de WT devem estar em grupos de 4+5 ou 5+4? Relembrando que do primeiro grupo se manterá 1 corredor e dois do segundo grupo.

E COMO VAI SER O DRAFT DAQUI PARA A FRENTE?

Convém realçar que o draft da época de 2020 não sofrerá alterações em relação ao modelo atual, em 2021 entrará em vigor um modelo de draft (onde os resultados da época anterior terão reflexo na ordem de escolha, tirando um pouco do critério aleatoriedade, sorte e "matreirice" ao jogo)

Inscrições:
Os jogadores continuam a quando da inscrição de escolher um número do joker.

Draft WT:
Os novos participantes continuam a escolher primeiro, por ordem do número do joker.

Os participantes do ano anterior vão escolher por ordem crescente de pontos, ou seja, as equipas da primeira e segunda divisão serão juntas e o pior pontuador drafta primeiro até ao melhor (ambas as divisões estão juntas). A ordem é invertida entre rondas como agora acontece.

Restantes Drafts:
Falta também definir se o critério das pontuações terá reflexo nos drafts restantes ou se utilizaremos o número do joker, algo em que agradecemos a vossa opinião.

Nota Importante:
Os pontos tidos em conta na hora do draft são os pontos totais dos corredores da equipa caso se tivessem inscrito em todas as provas (isto para evitar que por exemplo alguém que já tenha caído da primeira comece a não se inscrever para ficar com menos pontos e escolher mais cedo, entre outros casos que possam suceder)

Desde já agradeço ao Mike por me ter passado a ideia embrionária deste modelo que já ele queria por em prática e agradecemos a que o máximo de utilizadores manifestem a sua opinião. Qualquer dúvida que surgir tentaremos esclarecer prontamente.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 02 mai 2019, 16:07 
Vencedor da Liga Virtual
Vencedor da Liga Virtual
Avatar do Utilizador

Registado: 20 abr 2009, 21:25
Mensagens: 6320
Localização: Simoni Land, Oliveira de Azeméis
=D>

Só uma dúvida: para o draft WT, vão contar apenas os pontos obtidos por corredores WT? Ou basicamente vão inverter a geral das duas divisões juntas? Não se esqueçam dos bónus x2 dos CT na 1ª divisão.

4+5 parece-me bem, escolher 2 de 4 acho que será limitador.

Ideias
Ser possível manter a 2ª escolha do draft WT. A primeira ok, é discutível e devemos todos apanhar uma truta, mas na 2ª já poderá existir tendência de escolher um ciclista mais jovem e não o vamos ter mais que uma temporada.
Porque não limitar as trocas entre jogadores apenas a ciclistas do mesmo escalão? Para evitar manutenções abusivas entre escalões no fim da temporada, e os packs por 1 ciclista.
Ajustar as pontuações. Rever as provas WT novas, alinhar 5 monumentos, provas .2 serão mesmo importantes? Se sim, apenas Europeias neste molde?
Criação de 1 joker para pontuar a dobrar a cada período? Por exemplo Jan-Abr, apenas possível utilizar em clássicas .HC ou .1.
1/2 wildcards para trocas durante o ano. Quando temos ciclistas suspensos, lesões de longo prazo... Apenas possível ir ao mercado dos ciclistas livres.


Estou sempre disponível para ajudar com novas ideias, e acho que o futuro da LV passa por isto mesmo: maior equilíbrio entre as equipas (maior ênfase no draft) e mútua discussão entre os jogadores, para jogarmos num molde em que todos nos sentimos confortáveis.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 02 mai 2019, 16:48 
O Shaq.
Membro do Mês
Membro do Mês
Avatar do Utilizador

Registado: 14 abr 2009, 11:01
Mensagens: 8064
Localização: Lisboa
Depois disto só falta poder fazer trocas a envolver picks do draft! =D>

Agora mais a sério, concordo com este novo modelo e acho que até pode trazer uma nova vida à LV. Respondendo directamente às perguntas que lançaram: 4+5 no pacote World Tour parece-me o mais sensato, até porque os 5+4 limitaria bastante as escolhas de manutenção; para os restantes drafts a coisa complica-se, até porque podemos estar perante a hipótese (em função das manutenções) de uma equipa escolher um dos melhores pontuadores do escalão WT e CT - e ao mesmo tempo manter os melhores ciclistas da sua equipa -, mas inverter completamente a ordem também não me parece justo... Talvez um modelo estilo WTCC (onde o 8º classificado da 1ª corrida é polesitter na 2ª corrida) não fosse mau, mas implicaria um pouco mais de trabalho por parte da organização.

E já que se fala dos próximos tempos da LV, gostava que o calendário voltasse a ser o que foi até 2018. Penso que a entrada das provas .2 não tem um peso assim tão grande e só vem trazer mais trabalho à organização. A manterem-se, provavelmente teria de existir alguma reestruturação da coisa, quer a nível de pontuação, quer a nível das provas a pontuar (só as europeias não me parece o melhor molde).

Ainda a nível de pontuações, porque não utilizar um esquema parecido ao do Ranking PCS? Na minha óptica faz mais sentido, por exemplo, pontuar os primeiros 10 numa etapa de uma PpE do que os primeiros 8 como fazemos. Isto também permitiria à organização ter mais algum controlo sobre os pontos que os ciclistas fazem, fazendo um paralelo entre o ranking da LV e o do PCS.

KopSimoniFan Escreveu:
1/2 wildcards para trocas durante o ano. Quando temos ciclistas suspensos, lesões de longo prazo... Apenas possível ir ao mercado dos ciclistas livres.


Isto também me parece uma excelente ideia, ainda que seja importante definir um período de tempo para a utilização destas "Trocas Extra", por exemplo ter direito a uma entre Janeiro e Maio (até ao Giro, p.e.) e outra de Maio até final do ano.

EDIT: Outra coisa que seria interessante era a possibilidade de assegurar os direitos de "formação" dos ciclistas Sub-23, ou seja, existir uma espécie de cláusula que permitisse manter determinado ciclista (desde que ele tenha passado pela respectiva equipa, como Sub-23) durante X tempo, independentemente do slot que ocupa no plantel. Na minha equipa tens um caso prático, que draftei Bernal e Pogacar em anos consecutivos, sendo que vou ter de escolher entre eles nas manutenções do próximo ano. No fundo seria um contrato com cláusula de "team option", algo que beneficiava aqueles que acompanham mais de perto o ciclismo jovem e dava outro twist à competição. Obviamente que o objectivo não é manter esse ciclista durante os próximos 10 anos, mas poder usufruir das suas pontuações enquanto profissional, ainda para mais quando estes vão para o WT cada vez mais novos.

_________________
Imagem

Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 02 mai 2019, 18:29 
Pink Dumoulin
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 28 ago 2007, 01:02
Mensagens: 13879
Localização: Viseu
Kops isso já vai acontecer.
Ficando 4 ciclistas na primeira parte, entram no ano seguinte,
- na primeira posição a escolha do primeiro bloco.
- na segunda escolha a primeira pick do Draft
- na terceira e quarta as duas manutenções do segundo bloco.

Assim a segunda escolha do Draft já entra no segundo bloco.

As pontuações das provas *.2 são as do CQRanking, mas podemos mudar se acharem necessário.
Por mim para o ano podem entrar todas as provas *.2, já que vamos todos ter mais ciclistas CT na equipa.
E os bonús dos CTs passam a ser iguais na primeira e segunda divisão.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 02 mai 2019, 20:16 
Mestre Pinheiro
Moderador Liga Virtual
Moderador Liga Virtual
Avatar do Utilizador

Registado: 30 jul 2009, 19:45
Mensagens: 45816
Localização: Loures
Bem, já que fui mencionado e tenho um bocadinho de tempo suponho que não custe nada dar os meus dois tostões (que o Davide já sabe da maioria há vários meses). :P

  • Acho que a estrutura das equipas deve ser igual e consistir em 4+5 ciclistas WorldTour, onde se mantém 1 ciclista do bloco superior e 2 ciclistas do bloco inferior; paralelamente, e porque de certa maneira vai de encontro ao que o Kops sugeriu, creio que o melhor sistema seria colocar os ciclistas WT mantidos do ano anterior no 1º bloco juntamente com a 1ª pick do draft (permitindo assim uma renovação da equipa quer por formação de jovens quer por draft de um novo líder/craque, deixando a 2ª pick do draft entrar no grupo inferior onde cairiam quaisquer promovidos de escalões inferiores (CT ou Sub-23).
  • As equipas deveriam ter 4+7 ciclistas ContinentalTour, onde se mantém 1 ciclista da zona superior e 2 ciclistas do bloco inferior, uma vez mais deixando ciclistas sub-23 promovidos no bloco inferior e permitindo que haja a tal renovação da equipa.
  • Acho que é justo aumentar o número de ciclistas Sub-23 para 3+1 (internacionais+tuga), podendo assim todos os jogadores explorar os jovens mais promissores ou arriscarem em alguém mais desconhecido.
  • Creio que seria mais equilibrado para todos se somente fosse possível manter 1 ciclista nacional por equipa, ao invés de permitir situações em que um plantel possa ter até 4 ciclistas "nacionais".
  • O facto de se inverter as posições para a maioria do draft WorldTour (não consideraria os demais drafts para tal experiência) deveria ser exactamente como se sugere, ordenar dos piores pontuadores da época anterior para os melhores independentemente das equipas da divisão acima terem o multiplicador de CTs em provas WT (o mesmo fica diluído se se usar a pontuação total da época ao invés do escalão); se tal acontece e mesmo assim estão nas primeiras escolhas, é porque o dito lhes serviu de pouco ou nada e na temporada seguinte estarão provavelmente na divisão abaixo.
  • As pontuações poderiam levar um ajustezinho aqui ou ali, embora isso já seja parcial uma vez que usei as do PCS para outros efeitos e pareceram-me bastante equilibradas e justas; dito isto, acho que o jogo não está assim tão "grande" que justifique pontuações em provas .2 internacionais, podendo as mesmas só servir para categorizar as provas mais baixas do calendário nacional.
  • Continuo a ser da opinião que um Joker a utilizar pelo jogador numa prova ou semana desvirtua aquilo que se pretende do jogo, pois adiciona um novo elemento de sorte e "externo" aos resultados obtidos pelos ciclistas, já para não dizer que depois também iria influenciar posições no draft.
  • A sugestão de wildpicks para casos excepcionais (mediante análise da organização) é algo já sugerido e bem visto em anos anteriores, efectuando-se uma troca directa entre o ciclista em questão e um outro ciclista livre do mesmo escalão. Há quem veja isso como aproveitamento, mas para se ganhar algo há que perder algo e o ciclista draftado que se larga certamente teria na altura valor para quem o escolheu.
  • Por fim, os tais direitos de formação dos ciclistas sub-23 parecem-me desnecessários na medida em que alguém já fica com um ciclista sub-23 por um mínimo de 3 anos, e estamos a falar de um daqueles jovens craques que aparecem no circuito a limpar tudo na 1ª época e saltam logo para o WorldTour, onde fazem a 2ª e 3ª temporadas ainda pela mesma equipa; se ao fim destes 3 anos (que definitivamente são passados a lutar por posições cimeiras nas divisões onde se encontra, não acredito que seja a pensar nos casos de alguém com uma equipa da treta mas com esse jovem prodígio) tiver de ser feita uma escolha entre elegê-lo como líder ou porta-estandarte da equipa ou abdicar dele em prol de alguém melhor no WorldTour, diria que estamos a cumprir o objectivo de dar rotatividade no jogo às equipas e permitir que haja um maior equilíbrio entre todas as que jogam (pelo menos as que se inscrevem e seguem/participam no jogo como é de esperar).
  • Ainda uma nota para a estrutura do próprio jogo, meramente porque me deparei com esta situação recentemente e nem sequer tinha noção disto: considerando a evolução (ou regredir, como preferirem) da actividade geral quer no fórum quer neste jogo em particular (que continua a ser um dos principais focos da comunidade), acho que poderá estar em vista uma re-estruturação do sistema de divisões, uma vez que o número de jogadores tem decrescido nos últimos anos e este ano nem sequer havia manutenções suficientes para manter as 2 divisões principais cheias (relembro que se vinha de uma época com 3 divisões); possivelmente passar para um sistema de 2 divisões mais pequenas ou até mesmo só 1 única divisão poderão ser soluções a ter em conta para anos futuros (quiçá até mesmo já no próximo ano, a voltar a acontecer a "debandada").

Edit: Após ler o que o mister disse:

  • Eu não estou a ver um aumento de ciclistas CT no jogo, só nas equipas que estão na 1ª divisão e que perdem ciclistas WT para ganhar ciclistas CT (ao invés do que acontece na divisão abaixo); para além disto, já existia um porradão de ciclistas CT livres a pontuar sem se contabilizar as provas .2 (que, pelo que li, ninguém está particularmente agradado com a adição dessas provas menores), por isso só irás aumentar esse grupo com essas provas.
  • Não faz sentido mudar o multiplicador da 1ª para todas, pois retira alguma competitividade à divisão maior e acaba por também retirar-lhe algum peso.

_________________
Imagem
Imagem
[My Anime List] [My Manga List]

«O George Carlin dizia que o mundo era um circo de aberrações e que viver nos Estados Unidos era ter um bilhete para a fila da frente. Eu acrescento que ter acesso à Internet é ter acesso à tribuna VIP e ao backstage desse circo.»


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 02 mai 2019, 22:13 
Administrador
Administrador
Avatar do Utilizador

Registado: 21 ago 2007, 02:49
Mensagens: 29669
Localização: Vila Nova de Gaia
Eu tenho andado ausente, bem sei, mas tenho ideias para o futuro e gostava de as explorar assim que tiver um tempinho.

Algo que me parece simples de implementar, e acho que seria interessante, era na altura dos estagiários (mais para Julho/Agosto) cada equipa ter a oportunidade de contratar um estagiário (independentemente do escalão), desde que obviamente não tivesse qualquer tipo de "vínculo" com outra equipa da LV. Seria também uma forma de dinamizar a Liga Virtual naquele período pós-Tour, em que já não há mais épocas de substituições.

E quanto ao número de ciclistas sub-23 internacionais, parece-me que há mais do que espaço para todas as equipas terem 3 ciclistas. Há mais do que qualidade nos escalões jovens, e acho que a grande piada da LV é mesmo a "prospecção" nestas idades. Ainda para mais quando há muitos ciclistas com qualidade que nem acabam por ser escolhidos no draft. E consultar tópicos de drafts sub-23 de há algumas temporadas é bastante engraçado, diga-se.

_________________
Imagem
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 mai 2019, 10:15 
Pink Dumoulin
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 28 ago 2007, 01:02
Mensagens: 13879
Localização: Viseu
Por mim claro que podem acabar as *.2 internacionais, só me dão trabalho por meia dúzia de pontos :P

Concordo com mais sub-23 nos planteis.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 mai 2019, 14:23 
Tetra no Tour
Tetra no Tour
Avatar do Utilizador

Registado: 28 jun 2010, 22:59
Mensagens: 4853
Localização: Oliveira de Azeméis
Estive a ler todas as sugestões e aquela que não concordo mesmo tal como o Mike é a introdução de um Joker. Ia trazer um fator aleatório muito grande ao jogo e não acho que seja isso que se pretende.
De resto concordo com tudo e acho que ia tornar o jogo mais interessante, e se calhar evitar a debamdada de gente que existiu este ano e talvez até fazer com que alguns dos desistentes que por cá se mantêm voltem a ter interesse pelo jogo que é sem dúvida um dos maiores dinamisadores do fórum.
Quanto ao draft concordo em absoluto com aquilo que foi escrito, este ano benificiei bastante das falhas do sistema actual e consegui juntar a um ciclista na teoria top-3 em termos de pontos, aqueles que se previam no inicio da época como os ciclistas que mais iriam pontuar do ranking CT e PT. Claro que depois na prática não foi isto que aconteceu mas isso já são outros quinhentos.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 mai 2019, 14:50 
Vencedor de Voltas Pro Tour
Vencedor de Voltas Pro Tour
Avatar do Utilizador

Registado: 21 out 2013, 09:58
Mensagens: 1654
Localização: Vila de Cucujães
Acho que alterações são bem vindas e mudar as dinâmicas de jogo tornam os mesmos mais interessantes.

Eu acabava com o joker e definia a a ordem do draft pela inversa na classificação. Tornava o jogo mais equilibrado.

_________________
VISITEM O MEU BLOG

Pedalas Na Vida


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 mai 2019, 15:51 
Tetra no Tour
Tetra no Tour
Avatar do Utilizador

Registado: 28 jun 2010, 22:59
Mensagens: 4853
Localização: Oliveira de Azeméis
Davide esclarece só este ponto:

Os pontos tidos em conta na hora do draft são os pontos totais dos corredores da equipa caso se tivessem inscrito em todas as provas (isto para evitar que por exemplo alguém que já tenha caído da primeira comece a não se inscrever para ficar com menos pontos e escolher mais cedo, entre outros casos que possam suceder)


Os pontos totais dos corredores da equipa antes ou após as manutenções?

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 mai 2019, 16:24 
Tá a chorare?
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 06 jun 2011, 12:07
Mensagens: 14488
Localização: Bastuço S. João - Barcelos
Eu estava a pensar antes, o valor da tua equipa quando acabou o ano.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 mai 2019, 22:48 
Vencedor de Clássicas Pro Tour
Vencedor de Clássicas Pro Tour

Registado: 14 jul 2009, 00:10
Mensagens: 1218
Sobre os temas em questão deixo aqui as minhas opiniões, fiz um apanho das ideias anteriormente sugeridas aqui no tópico.

- Agrupamento de ciclistas WT - acho mais sensato a opção 4+5, permitirá em a manutenção da 2ª escolha WT, o que creio ser a melhor forma.

- Draft - Concordo 100% com esta ideia da escolha do draft tendo em conta a inversão dos pontos de cada equipa, sendo que aqui terão de ser contabilizados o sumatório de todos os pontos realizados pelos corredores, independentemente da inscrição ou não da equipa nas provas.
- Entre as rondas de um draft diria que devia ser usada a inversão da ordem das escolhas.
- Entre drafts diria que seria interessante não fazer uma inversão total do inicio do draft anterior mais sim fazer um salto no draft. Assumindo 50 equipas a participar, 5 drafts (WT, CT, 23, 23PT, PT) acho que o ulitmo classificado deveria ser o 1º a escolher WT(depois dos novos jogadores), CT o 11º pior classificado, sub-23 o 21º pior classificado, sub-23PT o 31º pior classificado, PT o 41º pior calssificado.

- Limitar as trocas entre jogadores apenas a ciclistas do mesmo escalão - se bem entendi, creio que esta regra iria limitar um bocado as trocas. No entanto, diria que os ciclistas trocados só seriam válidos se encaixassem no seu escalão, poderia ser interessante.

-Corridas .2 - Tendo em conta o impacto até agora acho que não faz sentido se manterem, já para não falar do acrescento de trabalho que trazem. Se a opção for manter, diria que o que faz sentido é serem todas as provas .2 e não só as europeias.

- Ajustar as pontuações - Acho que a pontuação dada no PCS ou no cqranking, deveria ser "copiada". Seria muito mais fácil comparar pontuações, e numa perpectiva de automatização de processos seria muito mais vantajoso.(os únicos temas são as provas nacionais, pois faz sentido serem "sobrevalorizadas" e o multiplicador)

- Criação de 1 joker para pontuar a dobrar - Discordo. Apesar de perceber a ideia, e desta envolver alguma ciência na sua utilização, diria que iria desvirtuar.

-1/2 wildcards para trocas durante o ano - Acho que seria uma excelente opção e diria que devia ser completamente livre a escolha dos ciclistas trocados (apenas ciclistas livres).

-direitos de "formação" dos ciclistas Sub-23 - Percebo a ideia, mas acho que o interessante é mesmo a rotação de ciclistas e avaliar as boas/más opções.

- As equipas deveriam ter 4+7 ciclistas ContinentalTour - Concordo na totalidade.

- número de ciclistas Sub-23 para 3+1 (internacionais+tuga) - Concordo na totalidade.

- limitação de manutenção de apenas 1 ciclista nacional - Concordo na totalidade.


Algo que seria interessante no meu entender, seria a introdução das categorias de juniores e mulheres. Entre um aumento de provas .2 e a seleção das principais provas destes escalões creio ser mais interessante a via destas novas categorias. Permitiria a expansão do jogo para a categoria feminina e os juniores seria mais uma forma de "apanhar" algumas jovens pérolas.

_________________
BikeFantasy.com


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 mai 2019, 00:54 
Tetra no Tour
Tetra no Tour
Avatar do Utilizador

Registado: 28 jun 2010, 22:59
Mensagens: 4853
Localização: Oliveira de Azeméis
Davide Escreveu:
Eu estava a pensar antes, o valor da tua equipa quando acabou o ano.

Acho que isso não faz grande sentido, a melhor equipa no fim do ano pode ser uma equipa mediana após as manutenções porque não tinha um super pontuador e 4/5 que foram regulares. Além disso davas a flexibilidade de alguém largar o melhor ciclista caso quisesse arriscar e escolher mais acima, ou porque acreditava que no ano a seguir ele ia ter uma quebra.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 mai 2019, 02:25 
Tá a chorare?
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 06 jun 2011, 12:07
Mensagens: 14488
Localização: Bastuço S. João - Barcelos
Pauleta Escreveu:
Davide Escreveu:
Eu estava a pensar antes, o valor da tua equipa quando acabou o ano.

Acho que isso não faz grande sentido, a melhor equipa no fim do ano pode ser uma equipa mediana após as manutenções porque não tinha um super pontuador e 4/5 que foram regulares. Além disso davas a flexibilidade de alguém largar o melhor ciclista caso quisesse arriscar e escolher mais acima, ou porque acreditava que no ano a seguir ele ia ter uma quebra.

Largas o melhor e já tens o teu benefício, escolhes mais acima. (Quem não mantiver um dos corredores do primeiro grupo de WT escolherá após os novos jogadores na primeira ronda, como sucede agora).

Porque vamos fazer aqui um caso extremo mas até possível de acontecer, pegando nos plantéis deste ano. O Valverde chegava ao final do ano e anunciava que se retirava (atualmente já leva mais de 700 pontos LV).

O tipo que o tem não o mantinha, logo escolhia a seguir aos novos inscritos e depois a pontuação da sua equipa para definir a ordem do draft ainda seria beneficiada em 700 pontos. Não acho que seja muito justo.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 mai 2019, 08:45 
Membro do Mês
Membro do Mês
Avatar do Utilizador

Registado: 13 ago 2009, 20:37
Mensagens: 17892
Não pensando muito sobre o assunto, à primeira vista também me inclinava para a ordem do draft ser pelos pontos dos ciclistas mantidos em vez de ser pela pontuação total da equipa na época anterior.

Uma ideia que já me tinha passado pela cabeça à uns anos era de efetuar as manutenções não por posições mas por limite de pontos (do género uma equipa poder manter o máximo de 3000 ou 4000 pontos no total). Se bem que assim ia retirar do jogo a estratégia das trocas, que é algo que até aprecio.

_________________
Imagem
Imagem Imagem Imagem


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 26 mensagens ]  Ir para página 1, 2  Próximo

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group Color scheme by ColorizeIt!
Traduzido por phpBB Portugal