Informação PCM-Portugal

Está a começar a Liga Virtual 2023! O Draft World Tour arranca já a 6 de Janeiro. Está atento a este tópico do nosso fórum!

Data/Hora: 31 Jan 2023, 21:24

Os Horários são TMG [ DST ]




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 11115 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 737, 738, 739, 740, 741
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 23 Nov 2022, 22:22 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 16 Jun 2010, 18:25
Mensagens: 12425
Localização: Leça da Palmeira/ Vila Pouca de Aguiar
MarcoAZB Escreveu:


Já não está disponível. Há mais soluções?

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 28 Nov 2022, 17:02 
Administrador
Administrador
Avatar do Utilizador

Registado: 24 Ago 2007, 10:21
Mensagens: 31497
Localização: Londres
De momento acho que nada.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 29 Nov 2022, 12:55 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 01 Out 2008, 20:45
Mensagens: 16126
Localização: Buenos Aires, Argentina
zeduarte 10 Escreveu:
Eu comecei com o Lusitano de Évora que é um clube de metade superior do Campeonato de Portugal.
Na primeira época ganhei a fase regular. Como tenho bastantes gajos de clubes superiores por empréstimo, tinha as finanças equilibradas e em Janeiro senti que podia subir e fui buscar alguns gajos como o Miguel Rosa, o Edinho e o Nii Plange mas foram todos apostas furadas. O Miguel Rosa ainda fez uns golos de livre mas a equipa piorou muito. Cheguei ao playoff numa fase terrível onde não ganhava a ninguém. Acabei por perder os primeiros 3 jogos, depois ganhei dois em casa e perdi o último. Fiz 6 pontos, mas chegou para ficar em 2º na fase de promoção e subi à terceira liga.

Tinha à volta de 14, 15 gajos no plantel, fui buscar uns 2 ou 3 a custo zero e outros 4 ou 5 por empréstimo. Montei uma equipa muito boa, pela pré-época vi logo que podia lutar pela subida. Ganhei ao Porto B, empatei com Alcorcon e Zaragoza (3-3 e 4-4, ambos da segunda liga espanhola) e perdi 1-0 com o Clermont da primeira liga francesa. A época foi muito boa, fui o melhor ataque da liga e fui a pior defesa. Bati o recorde de golos marcados e o recorde de vitórias. Cheguei ao playoff de apuramento e estava perfeitamente tranquilo. Até Janeiro, levava tantos golos quantos remates o adversário fizesse pelo que o meu foco foi ir buscar um GR que melhorou a situação. Passei no primeiro lugar do playoff mas perdi no jogo do título.


Imagem

A nível de orçamentos, no CNS tinha 3k de orçamento para salários, depois tive 10k na Liga 3 e agora na Liga 2 vou ter 17k.
Já vou entrar num registo onde quero tentar arranjar miudos para potenciar, vender e tornar-me forte financeiramente. Não estava à espera de subir duas divisões em dois anos, mas nas ligas mais baixas construir o plantel é fundamental e eu tenho sempre muito gosto em andar a procurar os melhores negócios possíveis.
O meu game changer foi este miúdo:



Em ambos os anos caí na terceira eliminatória da Taça, sendo que este ano estive 0-0 com o Boavista até aos 85 minutos e estive sempre por cima. Mas depois eles chutaram à minha baliza :mrgreen:


1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2

Não sei porquê, isto foi tudo muito fácil. Nas ligas mais abaixo até esperava isto, eu tenho uma base nuclear de 10, 12 jogadores e a cada ano vou buscar outros 10, sendo que dificilmente tenho jogadores a repetir duas épocas quando estou nas divisões inferiores porque o nível vai aumentando. Na Liga 2 esperava mais dificuldades, mas devo admitir que tive sorte nos dois avançados que fui buscar uma vez que cada um deles fez >20 golos no campeonato.

Quando cheguei à primeira liga segui o mesmo modelo, mantive uns 10, 12 jogadores e reforcei a equipa na mesma base: empréstimos e jogadores a custo zero. Na maior parte das vezes não tinha problemas em vender jogadores, uma vez que ganhar dinheiro é preferível a manter jogadores que sejam apenas bons. E como os ordenados eram baixíssimos (entre 0.3k e 1.5k), os lucros com as vendas eram sempre bons. Na maior parte das épocas nunca gastei mais de 60% do meu orçamento de salários. Nunca tive excesso de jogadores no plantel, e como o calendário era curto também nunca tive problemas com lesões e castigos.

Quando cheguei à primeira liga investi bastante nas condições de treino, estádio e staff. Alarguei a rede de recrutamento. Apesar da reputação muito baixa, o clube tinha um nível bastante decente.
O objetivo era lutar pela manutenção, mas eu sabia que conseguia fazer uma época tranquila. No início da pré-época foi complicado porque ainda não tinha o plantel fechado e então os resultados não foram bons. Mas com o avançar do mercado surgem boas oportunidades e consegui reforçar a equipa. Ao Benfica fui buscar um punhado de jogadores: Iuri Moreira (tinha sido o melhor marcador da Liga3 e Liga2 comigo), o Gustavo Varela (PL), o Ivan Lima (EE), o Filipe Cruz(DD), o Kostov (DC) e Rodrigo Rego (ED). Daqui só o Ivan Lima veio por empréstimo. Do Sporting veio o Manuel Kissanga (ED). E ainda me estou a esquecer de um DE, mas pronto, isto tudo custou uns 100k. Já tinha plantel fechado.

Para além disto, o recrutamento encontrou-me dois MC's e um GR, todos de 19 anos, bastante abusados. Apesar de serem apenas bons jogadores tinham muito potencial e valiam bastante dinheiro.
A época foi muito tranquila, perdi de goleada com os grandes, perdi alguns jogos fora difíceis, mas acabei em 5º (o Famalicão fez 4º). Apesar de não fazer nada de jeito na taça, onde perdi com uma equipa da Liga 2, no ano seguinte ia à Europa.

A quinta época foi a mais difícil. O calendário foi terrível (tive de jogar 3 eliminatórias para chegar à Conference League onde joguei contra clubes que nem conhecia, de qualquer forma o apuramento nunca esteve em causa). Os meus grandes reforços foram Pedro Pelágio (180k), Gonçalo Cardoso (180k+70k) e Rodrigo Riquelme (ex-At. Madrid) por empréstimo. Fiz uma grande campanha europeia, onde ganhei 5 jogos em 6, onde cada vitória dava 500k. Isto foi espetacular para o clube. No entanto, internamente estava tudo a correr mal. O calendário foi terrível. Perdi muitos pontos e fui eliminado da Taça da Liga e da Taça de Portugal. Em Janeiro chegou o Rodrigo Riquelme, veio um lateral que faz os dois flancos e um central com muito potencial. Deixei sair vários jogadores que estavam a ficar curtos para o nível e fiquei com um plantel de ~23 jogadores. Nos oitavos eliminei o Brondby e nos quartos eliminei o Portimonense.
Nas meias apanhei o Torino, que me fez um golo em Évora já nos descontos, com a primeira mão a terminar 2-1 para mim. Em Itália levei logo o 1-0, fui a prolongamento, eles fazem o 2-0, eu reduzo para 2-1 mas eles fazem o 3-1 final e caí nas meias. Deu para fazer muito dinheiro e foi uma campanha europeia muito decente. Aliás, Portugal subiu no ranking, o que me permitiu terminar em 6º lugar no campeonato mas garantir presença no ano seguinte.

A falta de profundidade naqueles meses de Outubro e Novembro arrasou-me o campeonato. Acho que fiz 20 pontos na primeira volta e 40 na segunda. Para o próximo ano, juntei muito dinheiro, e vendi o tal GR por 9M. Isto para mim é quase outro mundo, tendo em conta que cheguei a comprar jogadores por 5k (já nem conto os que vieram a custo 0). Como o jogo já vai avançado, já encontro muitos regens, mas é assim a vida. Renovei o contrato por empréstimo do Rodrigo Riquelme e apesar de continuar com Iuri Moreira e Gustavo Varela acho que vou pecisar de mais uma avançado, e provavelmente vou ter de gastar dinheiro. Queria o Arezo mas o FCP já o limpou. Alguém tens sugestões? Entretanto contratei o Paulo Bernardo e o André Franco a custo 0. Também veio um médio ofensivo romeno, Octavian Popescu, que está um belo craque. Queria acabar nos três primeiros para ir à Champions (com as minhas prestações na Conference League acho que vamos ultrapassar a Alemanha no 4º lugar do ranking), gostava de fazer uma boa campanha europeia e lutar pelas taças, mas a prioridade é mesmo a Champions. Nesta última época já consegui empatar 2-2 com o FCP e 4-4 com o Sporting em casa, mas de resto levo sempre grandes goleadas deles (não estou para ter abordagens defensivas, ia dar muito trabalho e só servia em 3 ou 4 jogos por ano). Estou confiante de que este ano vai ser diferente.

1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2
4ª época: 5º classificado, apurado para a Conference League
5ª época: 6º classificado, apurado para a Conference League


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Nov 2022, 00:29 
O Cepo
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 08 Ago 2009, 15:53
Mensagens: 10069
Ze venho só aqui dizer para continuares a postar essas histórias. Papo as tuas carreiras de FM todas :P

_________________
Imagem

deviantART


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Nov 2022, 13:42 
You´ll Never Walk Alone
Lenda do Ciclismo
Lenda do Ciclismo
Avatar do Utilizador

Registado: 01 Ago 2009, 09:18
Mensagens: 6771
Localização: Queluz
zeduarte 10 Escreveu:
zeduarte 10 Escreveu:
Eu comecei com o Lusitano de Évora que é um clube de metade superior do Campeonato de Portugal.
Na primeira época ganhei a fase regular. Como tenho bastantes gajos de clubes superiores por empréstimo, tinha as finanças equilibradas e em Janeiro senti que podia subir e fui buscar alguns gajos como o Miguel Rosa, o Edinho e o Nii Plange mas foram todos apostas furadas. O Miguel Rosa ainda fez uns golos de livre mas a equipa piorou muito. Cheguei ao playoff numa fase terrível onde não ganhava a ninguém. Acabei por perder os primeiros 3 jogos, depois ganhei dois em casa e perdi o último. Fiz 6 pontos, mas chegou para ficar em 2º na fase de promoção e subi à terceira liga.

Tinha à volta de 14, 15 gajos no plantel, fui buscar uns 2 ou 3 a custo zero e outros 4 ou 5 por empréstimo. Montei uma equipa muito boa, pela pré-época vi logo que podia lutar pela subida. Ganhei ao Porto B, empatei com Alcorcon e Zaragoza (3-3 e 4-4, ambos da segunda liga espanhola) e perdi 1-0 com o Clermont da primeira liga francesa. A época foi muito boa, fui o melhor ataque da liga e fui a pior defesa. Bati o recorde de golos marcados e o recorde de vitórias. Cheguei ao playoff de apuramento e estava perfeitamente tranquilo. Até Janeiro, levava tantos golos quantos remates o adversário fizesse pelo que o meu foco foi ir buscar um GR que melhorou a situação. Passei no primeiro lugar do playoff mas perdi no jogo do título.


Imagem

A nível de orçamentos, no CNS tinha 3k de orçamento para salários, depois tive 10k na Liga 3 e agora na Liga 2 vou ter 17k.
Já vou entrar num registo onde quero tentar arranjar miudos para potenciar, vender e tornar-me forte financeiramente. Não estava à espera de subir duas divisões em dois anos, mas nas ligas mais baixas construir o plantel é fundamental e eu tenho sempre muito gosto em andar a procurar os melhores negócios possíveis.
O meu game changer foi este miúdo:



Em ambos os anos caí na terceira eliminatória da Taça, sendo que este ano estive 0-0 com o Boavista até aos 85 minutos e estive sempre por cima. Mas depois eles chutaram à minha baliza :mrgreen:


1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2

Não sei porquê, isto foi tudo muito fácil. Nas ligas mais abaixo até esperava isto, eu tenho uma base nuclear de 10, 12 jogadores e a cada ano vou buscar outros 10, sendo que dificilmente tenho jogadores a repetir duas épocas quando estou nas divisões inferiores porque o nível vai aumentando. Na Liga 2 esperava mais dificuldades, mas devo admitir que tive sorte nos dois avançados que fui buscar uma vez que cada um deles fez >20 golos no campeonato.

Quando cheguei à primeira liga segui o mesmo modelo, mantive uns 10, 12 jogadores e reforcei a equipa na mesma base: empréstimos e jogadores a custo zero. Na maior parte das vezes não tinha problemas em vender jogadores, uma vez que ganhar dinheiro é preferível a manter jogadores que sejam apenas bons. E como os ordenados eram baixíssimos (entre 0.3k e 1.5k), os lucros com as vendas eram sempre bons. Na maior parte das épocas nunca gastei mais de 60% do meu orçamento de salários. Nunca tive excesso de jogadores no plantel, e como o calendário era curto também nunca tive problemas com lesões e castigos.

Quando cheguei à primeira liga investi bastante nas condições de treino, estádio e staff. Alarguei a rede de recrutamento. Apesar da reputação muito baixa, o clube tinha um nível bastante decente.
O objetivo era lutar pela manutenção, mas eu sabia que conseguia fazer uma época tranquila. No início da pré-época foi complicado porque ainda não tinha o plantel fechado e então os resultados não foram bons. Mas com o avançar do mercado surgem boas oportunidades e consegui reforçar a equipa. Ao Benfica fui buscar um punhado de jogadores: Iuri Moreira (tinha sido o melhor marcador da Liga3 e Liga2 comigo), o Gustavo Varela (PL), o Ivan Lima (EE), o Filipe Cruz(DD), o Kostov (DC) e Rodrigo Rego (ED). Daqui só o Ivan Lima veio por empréstimo. Do Sporting veio o Manuel Kissanga (ED). E ainda me estou a esquecer de um DE, mas pronto, isto tudo custou uns 100k. Já tinha plantel fechado.

Para além disto, o recrutamento encontrou-me dois MC's e um GR, todos de 19 anos, bastante abusados. Apesar de serem apenas bons jogadores tinham muito potencial e valiam bastante dinheiro.
A época foi muito tranquila, perdi de goleada com os grandes, perdi alguns jogos fora difíceis, mas acabei em 5º (o Famalicão fez 4º). Apesar de não fazer nada de jeito na taça, onde perdi com uma equipa da Liga 2, no ano seguinte ia à Europa.

A quinta época foi a mais difícil. O calendário foi terrível (tive de jogar 3 eliminatórias para chegar à Conference League onde joguei contra clubes que nem conhecia, de qualquer forma o apuramento nunca esteve em causa). Os meus grandes reforços foram Pedro Pelágio (180k), Gonçalo Cardoso (180k+70k) e Rodrigo Riquelme (ex-At. Madrid) por empréstimo. Fiz uma grande campanha europeia, onde ganhei 5 jogos em 6, onde cada vitória dava 500k. Isto foi espetacular para o clube. No entanto, internamente estava tudo a correr mal. O calendário foi terrível. Perdi muitos pontos e fui eliminado da Taça da Liga e da Taça de Portugal. Em Janeiro chegou o Rodrigo Riquelme, veio um lateral que faz os dois flancos e um central com muito potencial. Deixei sair vários jogadores que estavam a ficar curtos para o nível e fiquei com um plantel de ~23 jogadores. Nos oitavos eliminei o Brondby e nos quartos eliminei o Portimonense.
Nas meias apanhei o Torino, que me fez um golo em Évora já nos descontos, com a primeira mão a terminar 2-1 para mim. Em Itália levei logo o 1-0, fui a prolongamento, eles fazem o 2-0, eu reduzo para 2-1 mas eles fazem o 3-1 final e caí nas meias. Deu para fazer muito dinheiro e foi uma campanha europeia muito decente. Aliás, Portugal subiu no ranking, o que me permitiu terminar em 6º lugar no campeonato mas garantir presença no ano seguinte.

A falta de profundidade naqueles meses de Outubro e Novembro arrasou-me o campeonato. Acho que fiz 20 pontos na primeira volta e 40 na segunda. Para o próximo ano, juntei muito dinheiro, e vendi o tal GR por 9M. Isto para mim é quase outro mundo, tendo em conta que cheguei a comprar jogadores por 5k (já nem conto os que vieram a custo 0). Como o jogo já vai avançado, já encontro muitos regens, mas é assim a vida. Renovei o contrato por empréstimo do Rodrigo Riquelme e apesar de continuar com Iuri Moreira e Gustavo Varela acho que vou pecisar de mais uma avançado, e provavelmente vou ter de gastar dinheiro. Queria o Arezo mas o FCP já o limpou. Alguém tens sugestões? Entretanto contratei o Paulo Bernardo e o André Franco a custo 0. Também veio um médio ofensivo romeno, Octavian Popescu, que está um belo craque. Queria acabar nos três primeiros para ir à Champions (com as minhas prestações na Conference League acho que vamos ultrapassar a Alemanha no 4º lugar do ranking), gostava de fazer uma boa campanha europeia e lutar pelas taças, mas a prioridade é mesmo a Champions. Nesta última época já consegui empatar 2-2 com o FCP e 4-4 com o Sporting em casa, mas de resto levo sempre grandes goleadas deles (não estou para ter abordagens defensivas, ia dar muito trabalho e só servia em 3 ou 4 jogos por ano). Estou confiante de que este ano vai ser diferente.

1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2
4ª época: 5º classificado, apurado para a Conference League
5ª época: 6º classificado, apurado para a Conference League
É o FM22? Se for vê o Rodrigo Moniz, brasileiro deve estar no Fulham. Fez me mais de 60golos em duas épocas mas não te fies nos atributos dele. É melhor que aquilo que aparenta

Enviado do meu 2201117PG através do Tapatalk

_________________
Acompanha a 8ª temporada das VACASÓLEU na LV


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Nov 2022, 15:05 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 01 Out 2008, 20:45
Mensagens: 16126
Localização: Buenos Aires, Argentina
É no FM23. Já arranjei um regen Colombiano. Custou 1.8M, mas tem 15 golos em 13 jogos pelo Santos. É a minha transferência mais cara de sempre. Pediu para tratar o clube como um degrau na carreira e quis uma clausula de 9M. Vai ser uma bomba :P


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Nov 2022, 15:59 
CAMPEÓN, ALBERTO CAMPEÓN.
Membro de Ouro
Membro de Ouro
Avatar do Utilizador

Registado: 17 Ago 2013, 17:48
Mensagens: 5610
zeduarte 10 Escreveu:
É no FM23. Já arranjei um regen Colombiano. Custou 1.8M, mas tem 15 golos em 13 jogos pelo Santos. É a minha transferência mais cara de sempre. Pediu para tratar o clube como um degrau na carreira e quis uma clausula de 9M. Vai ser uma bomba :P


Sim, se já vais na sexta época, a melhor aposta é mesmo em regens. Convém é renovares algures a meio da época para retirares a cláusula.

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 29 Dez 2022, 18:26 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 01 Out 2008, 20:45
Mensagens: 16126
Localização: Buenos Aires, Argentina
zeduarte 10 Escreveu:
zeduarte 10 Escreveu:
Eu comecei com o Lusitano de Évora que é um clube de metade superior do Campeonato de Portugal.
Na primeira época ganhei a fase regular. Como tenho bastantes gajos de clubes superiores por empréstimo, tinha as finanças equilibradas e em Janeiro senti que podia subir e fui buscar alguns gajos como o Miguel Rosa, o Edinho e o Nii Plange mas foram todos apostas furadas. O Miguel Rosa ainda fez uns golos de livre mas a equipa piorou muito. Cheguei ao playoff numa fase terrível onde não ganhava a ninguém. Acabei por perder os primeiros 3 jogos, depois ganhei dois em casa e perdi o último. Fiz 6 pontos, mas chegou para ficar em 2º na fase de promoção e subi à terceira liga.

Tinha à volta de 14, 15 gajos no plantel, fui buscar uns 2 ou 3 a custo zero e outros 4 ou 5 por empréstimo. Montei uma equipa muito boa, pela pré-época vi logo que podia lutar pela subida. Ganhei ao Porto B, empatei com Alcorcon e Zaragoza (3-3 e 4-4, ambos da segunda liga espanhola) e perdi 1-0 com o Clermont da primeira liga francesa. A época foi muito boa, fui o melhor ataque da liga e fui a pior defesa. Bati o recorde de golos marcados e o recorde de vitórias. Cheguei ao playoff de apuramento e estava perfeitamente tranquilo. Até Janeiro, levava tantos golos quantos remates o adversário fizesse pelo que o meu foco foi ir buscar um GR que melhorou a situação. Passei no primeiro lugar do playoff mas perdi no jogo do título.


Imagem

A nível de orçamentos, no CNS tinha 3k de orçamento para salários, depois tive 10k na Liga 3 e agora na Liga 2 vou ter 17k.
Já vou entrar num registo onde quero tentar arranjar miudos para potenciar, vender e tornar-me forte financeiramente. Não estava à espera de subir duas divisões em dois anos, mas nas ligas mais baixas construir o plantel é fundamental e eu tenho sempre muito gosto em andar a procurar os melhores negócios possíveis.
O meu game changer foi este miúdo:

Em ambos os anos caí na terceira eliminatória da Taça, sendo que este ano estive 0-0 com o Boavista até aos 85 minutos e estive sempre por cima. Mas depois eles chutaram à minha baliza :mrgreen:


1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2

Não sei porquê, isto foi tudo muito fácil. Nas ligas mais abaixo até esperava isto, eu tenho uma base nuclear de 10, 12 jogadores e a cada ano vou buscar outros 10, sendo que dificilmente tenho jogadores a repetir duas épocas quando estou nas divisões inferiores porque o nível vai aumentando. Na Liga 2 esperava mais dificuldades, mas devo admitir que tive sorte nos dois avançados que fui buscar uma vez que cada um deles fez >20 golos no campeonato.

Quando cheguei à primeira liga segui o mesmo modelo, mantive uns 10, 12 jogadores e reforcei a equipa na mesma base: empréstimos e jogadores a custo zero. Na maior parte das vezes não tinha problemas em vender jogadores, uma vez que ganhar dinheiro é preferível a manter jogadores que sejam apenas bons. E como os ordenados eram baixíssimos (entre 0.3k e 1.5k), os lucros com as vendas eram sempre bons. Na maior parte das épocas nunca gastei mais de 60% do meu orçamento de salários. Nunca tive excesso de jogadores no plantel, e como o calendário era curto também nunca tive problemas com lesões e castigos.

Quando cheguei à primeira liga investi bastante nas condições de treino, estádio e staff. Alarguei a rede de recrutamento. Apesar da reputação muito baixa, o clube tinha um nível bastante decente.
O objetivo era lutar pela manutenção, mas eu sabia que conseguia fazer uma época tranquila. No início da pré-época foi complicado porque ainda não tinha o plantel fechado e então os resultados não foram bons. Mas com o avançar do mercado surgem boas oportunidades e consegui reforçar a equipa. Ao Benfica fui buscar um punhado de jogadores: Iuri Moreira (tinha sido o melhor marcador da Liga3 e Liga2 comigo), o Gustavo Varela (PL), o Ivan Lima (EE), o Filipe Cruz(DD), o Kostov (DC) e Rodrigo Rego (ED). Daqui só o Ivan Lima veio por empréstimo. Do Sporting veio o Manuel Kissanga (ED). E ainda me estou a esquecer de um DE, mas pronto, isto tudo custou uns 100k. Já tinha plantel fechado.

Para além disto, o recrutamento encontrou-me dois MC's e um GR, todos de 19 anos, bastante abusados. Apesar de serem apenas bons jogadores tinham muito potencial e valiam bastante dinheiro.
A época foi muito tranquila, perdi de goleada com os grandes, perdi alguns jogos fora difíceis, mas acabei em 5º (o Famalicão fez 4º). Apesar de não fazer nada de jeito na taça, onde perdi com uma equipa da Liga 2, no ano seguinte ia à Europa.

A quinta época foi a mais difícil. O calendário foi terrível (tive de jogar 3 eliminatórias para chegar à Conference League onde joguei contra clubes que nem conhecia, de qualquer forma o apuramento nunca esteve em causa). Os meus grandes reforços foram Pedro Pelágio (180k), Gonçalo Cardoso (180k+70k) e Rodrigo Riquelme (ex-At. Madrid) por empréstimo. Fiz uma grande campanha europeia, onde ganhei 5 jogos em 6, onde cada vitória dava 500k. Isto foi espetacular para o clube. No entanto, internamente estava tudo a correr mal. O calendário foi terrível. Perdi muitos pontos e fui eliminado da Taça da Liga e da Taça de Portugal. Em Janeiro chegou o Rodrigo Riquelme, veio um lateral que faz os dois flancos e um central com muito potencial. Deixei sair vários jogadores que estavam a ficar curtos para o nível e fiquei com um plantel de ~23 jogadores. Nos oitavos eliminei o Brondby e nos quartos eliminei o Portimonense.
Nas meias apanhei o Torino, que me fez um golo em Évora já nos descontos, com a primeira mão a terminar 2-1 para mim. Em Itália levei logo o 1-0, fui a prolongamento, eles fazem o 2-0, eu reduzo para 2-1 mas eles fazem o 3-1 final e caí nas meias. Deu para fazer muito dinheiro e foi uma campanha europeia muito decente. Aliás, Portugal subiu no ranking, o que me permitiu terminar em 6º lugar no campeonato mas garantir presença no ano seguinte.

A falta de profundidade naqueles meses de Outubro e Novembro arrasou-me o campeonato. Acho que fiz 20 pontos na primeira volta e 40 na segunda. Para o próximo ano, juntei muito dinheiro, e vendi o tal GR por 9M. Isto para mim é quase outro mundo, tendo em conta que cheguei a comprar jogadores por 5k (já nem conto os que vieram a custo 0). Como o jogo já vai avançado, já encontro muitos regens, mas é assim a vida. Renovei o contrato por empréstimo do Rodrigo Riquelme e apesar de continuar com Iuri Moreira e Gustavo Varela acho que vou pecisar de mais uma avançado, e provavelmente vou ter de gastar dinheiro. Queria o Arezo mas o FCP já o limpou. Alguém tens sugestões? Entretanto contratei o Paulo Bernardo e o André Franco a custo 0. Também veio um médio ofensivo romeno, Octavian Popescu, que está um belo craque. Queria acabar nos três primeiros para ir à Champions (com as minhas prestações na Conference League acho que vamos ultrapassar a Alemanha no 4º lugar do ranking), gostava de fazer uma boa campanha europeia e lutar pelas taças, mas a prioridade é mesmo a Champions. Nesta última época já consegui empatar 2-2 com o FCP e 4-4 com o Sporting em casa, mas de resto levo sempre grandes goleadas deles (não estou para ter abordagens defensivas, ia dar muito trabalho e só servia em 3 ou 4 jogos por ano). Estou confiante de que este ano vai ser diferente.

1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2
4ª época: 5º classificado, apurado para a Conference League
5ª época: 6º classificado, apurado para a Conference League


Bom, segue uma atualização.

Então, na sexta época (27/28) consegui fazer 10M em vendas. A maior parte, quase 4M foi de um regen que tinha sacado da série C brasileira. Foi a minha venda mais cara de sempre, para se ter ideia em todos os 5 mercados anteriores tinha feito algo como 800k. Saíram vários titulares como o Kostov e Mihaj que eram a minha dupla de centrais, o Mateus Fernandes, o Pedro Pelágio, o Lucas Soares ou o Rafael Rodrigues. As entradas falei no final do último post (estava entusiasmado): Paulo Bernardo, André Franco, Octavian Popescu, Gonçalo Esteves, Francisco Moura, Amar Dedic e um wonderkid chamado Luis Gutierrez que chegou por 1.8M sendo que neste mercado gastei 1.9.

Ora bem, para entrar na Conference League tive que passar 3 eliminatórias no total de 6 jogos. FC Rapid, Din.Minsk e Monaco. Estava a ser terrível porque não tinha a equipa fechada antes do final de Agosto, perdi todos os amigáveis e estes jogos foram tremidos. Por exemplo com o Minsk e o Mónaco passei nos penaltys depois de 5-5 e 4-4 em ambas as eliminatórias.
Acabei por encarrilhar assim que os reforços se adaptaram e recuperei posições no campeonato. Na Conference League passei aos oitavos, onde eliminei facilmente o Sturm Graz, nos quartos goleei o Légia e nas meias perdi com o AEK. Depois de 1-1 na primeira mão perdi 2-1 fora nos últimos minutos. A minha equipa era muito melhor, mas estavam esgotados fisicamente. Na liga fiz o meu melhor resultado de sempre, ainda que longe dos 3 grandes, mas acabei em 4º. Notava-se que tinha uma boa equipa, dantes era sempre goleado por eles e agora conseguia discutir jogos. Continuava também sem conseguir lutar por Taças.

Em 28/29 fui buscar vários regens e dois jogadores de destaque: Almannshofer and Schalke e Matchoi Djalo do United. Fui buscar a custo zero, atenção. Ainda assim bati recordes de entradas ao gastar 7M em regens. De qualquer forma também houve saídas: Paulo Bernardo (2M) e André Franco (10M) a destacar. O primeiro nunca conseguiu ser titular, o segundo era um craque mas a proposta era muito boa.
O ponto alto desta época era a estreia na Champions (o 4º lugar já dá entrada). Goleei o Feyenoord e o Standart Liege e entrei na fase da Liga. Não foi novidade, a minha equipa era só ligeiramente inferior aos 3 grandes. Na fase inicial perdi com Ajax, Liverpool e Leipzig. ganhei a Bodo/Glimt, SJK (Finlândia), Villarreal e Inter. Empatei com o Nápoles. Isto deu-me lugar no playoff. Joguei com o Ajax e passei com 3-1. Chegava assim aos oitavos e o Lusitano de Évora estava nas 16 melhores equipas da Europa.
A liga também estava a correr bem, ainda só tinha perdido com Benfica e Sporting.
Nos oitavos da Champions apanhei o City e perdi por 8-1 a duas mãos. Na Taça de Portugal e na Taça da Liga perdi com o Benfica. No campeonato fiz 3º a 8 pontos do título. Foi uma boa época. Sabia que não ia ser campeão, mas também percebi que não o ia ser demasiado cedo do que previ. De qualquer forma foi positivo.

Em 29/30 estávamos na 8ª época, a quinta de primeira divisão. Fiz 58M em saídas: Popescu (8.5), Rodrigo Riquelme (4), Gonçalo Cardoso (4.5), Matchoi Djalo (2), Francisco Moura (1.5) e o resto em regens que não iam crescer muito, mas com um deles a sair para o Manchester United pela clausula de 28M, de seu nome Otávio de Almeida, na altura já com um jogo pela seleção brasileira.
Nas minhas entradas destaco investimentos de 5M num médio centro do Talleres chamado Cecconato e num central grego do AEK gastei 10M porque fui burro. Por empréstimo chegou Thiago Almada do Borussia Dortmund e Arezo do Porto. A custo zero entrou Miretti da Juventus.
Pela primeira vez não tinha playoffs e podia preparar convenientemente a pré-época. Perdi a supertaça para o Benfica por 2-1 (3ª taça que perdia na final com eles em 4-5 meses), mas logo no início da liga fui ganhar 4-3 à Luz. Era um bom sinal.
Na fase de liga da Champions perdi com Barcelona por 3-0, Juventus por 5-2 e City por 2-1. Ganhei 4-0 ao Anderlecht, 3-2 ao Ajax, 2-1 ao Villarreal, 5-0 ao Malmo e 5-1 ao Nápoles.
Pela primeira vez, acabei uma volta do campeonato sem perder com nenhum dos grandes. Tinha duas derrotas: Rio Ave e Famalicão, esta última por 4-0 lol.
Bom, no playoff da Champions volto a apanhar o Ajax e volto a passar, sendo que nos oitavos caio nos penaltys com o Manchester United após dois empates por 2-2. Fui melhor que eles, foi pena.
Infelizmente a meio da eliminatória também perdi com o Benfica e o que me fez perdeu o comboio do título. Acabei a época em 3º lugar novamente, mas desta vez a 4 pontos do vencedor.
Perdi a final da taça de Portugal novamente, desta vez com o Sporting que me ganhou por 3-1 (também já tinha perdido nas meias da taça da Liga com eles).

Em 30/31 seria a 9ª época e o clube estava muito bem financeiramente. Lembram-se do tal colombiano que veio por 1.8? Saiu por 35M para o City. Neste ano vendi ainda o Gustavo Varela que veio dos juniores do Benfica e estava comigo desde o primeiro ano de primeira divisão. Era o melhor marcador do clube com mais de 80 golos. Saiu o alemão do Schalke por 9M e saíram mais alguns regens que valorizaram mas não era craques da equipa.
Nas entradas destaco a custo zero: Kulusevski, Florian Wirtz, Elliot Anderson e Tomás Esteves. Depois fui buscar 3 regens que iam ser estrelas absolutas, o melhor deles chama-se Steffan von Schwedler (eu chamo-o de Chandler) e veio do Colo Colo por 4M. O outro bom chama-se Paunovic, é central e veio do Estrela Vermelha por 2M (é um dos meus mercados preferidos).
Como podem ver, isto foram grandes contratações. Não fiquei no top-8 da Champions, mas no playoff passei com um 6-0 e 0-0 frente ao... Porto. Nos oitavos perdi com o Real Madrid por 5-3 nas duas mãos. Foram duas derrotas em Março, até aqui só tinha perdido com Barcelona e Bayern na Champions e Sporting no campeonato. Até final voltei a perder mais uma vez, frente ao FCP e fui campeão com duas derrotas, tendo feito 84 pontos. Na Taça da Liga eliminei o FCP nas meias e o Sporting por 3-0 na final. Na Taça de Portugal ganhei 3-2 ao FCP. No campeonato o Benfica ficou a 2 pontos, havia um equilíbrio muito grande em Portugal.

1ª época: Promovido à Liga 3
2ª época: Promovido à Liga 2
3ª época: Campeão Liga 2
4ª época: 5º classificado, apurado para a Conference League
5ª época: 6º classificado, apurado para a Conference League
6ª época: 4º classificado
7ª época: 3º classificado (a 12 pts)
8ª época: 3º classificado (a 4 pts)
9ª época: 1º classificado (84 pts)

Entretanto, na 10ª época fiz 130M com Miretti (20), Kulusevski (35), Wirtz (10), Tomas Esteves (25) e o central grego que tinha custado 10M saiu por 13.5). Saíram mais 2 ou 3 miúdos por ~10M.
Nas entradas, estive tão focado na época anterior que não tinha feito grande prospeção: acabei a gastar 40M em dois miúdos do Flamengo. Também veio o Connor Gallagher a custo zero, mas também gastei aproximadamente 20M em 4/5 jogadores. Continuava sem conseguir dar grande profundidade à equipa e tinha a folha salarial a ficar muito alta.
Vou ser direto sobre esta época: nos primeiros 10 jogos tinha 50 golos marcados. Cheguei a Março sem perder nenhum jogo no campeonato, apenas com um empate e uma vitória por 8-0 frente ao Benfica. Tive uma Champions difícil: City, Chelsea, Liverpool, Nápoles e Leverkursen. Acabei por não conseguir ficar no top8, fui ao playoff, eliminei o Barcelona com um 3-3 fora e um 3-2 em casa (eliminatória fantástica, o meio campo deles é De Jong, Pedri e Gavi, com Fati a ser uma bomba na frente). Pela terceira vez chegava aos oitavos, mas desta vez tive sorte no sorteio e apanhei o Atlético de Madrid. Foi uma eliminatória feia, mas passei. De qualquer forma, o melhor vinha aí: sorteio dos quartos? FCP. Devo relembrar que internamente só tinha um empate.
O que podia acontecer de mal? Aconteci eu. Só tinha um GR e lesionou-se no dia 6 de Março por 8 meses. Perdi 3-4 no Dragão e empatei 3-3 em Évora, depois de estar a ganhar 3-1. Cada vez que lá iam faziam golo. Triste.

Em Portugal, se ganhava por 5-0 agora ganhava por 4-3. Faltam-me 4 jogos para acabar a época e tenho três objetivos: bater os 126 do Sporting, não ter derrotas na Liga e ganhar a final da Taça de Portugal.

Ah, em Outubro de 2029 não sei porquê mas aceitei ir treinar a seleção italiana que estava em vias de não ir ao Mundial. Peguei neles, fomos ao Mundial. Eliminei Mali, Colômbia e Uruguai, tendo perdido com Argentina na meia final. Superei as expectativas, mas não tinha grande interesse em continuar porque os jogadores não eram interessantes. Tive ofertas de Espanha e França, mas recusei porque queria ir para Portugal, que tem uma super geração... mas preferiram o Guardiola.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Dez 2022, 12:05 
Vencedor da Liga Virtual
Vencedor da Liga Virtual
Avatar do Utilizador

Registado: 20 Abr 2009, 21:25
Mensagens: 7210
Localização: Simoni Land, Oliveira de Azeméis
Pelas minhas carreiras (em diferentes FMs) há um denominador comum para estes saves "de baixo para cima": a entrada na Champions. O crescimento exponencial a partir desse momento torna o save muito mais fácil e é uma questão de tempo até o clube ganhar tudo. Lembro-me num save no FM passado, com a Oliveirense, que depois de entrar na Champions e ganhar alguma reputação, no ano seguinte, andava a jogar com Nketiah, Saka e Fati na frente (andavam encostados e forçaram a saída).

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Dez 2022, 12:18 
Moderador
Moderador
Avatar do Utilizador

Registado: 30 Mar 2009, 08:38
Mensagens: 16998
Localização: Rio Tinto, Gondomar
Eu parei o meu save com o Crato depois de ter saído o novo Pokémon, não dá para tudo. :P Mas já acabei o jogo, portanto a ver se ler estes posts do Zé me dá inspiração para não colar noutro jogo qualquer da Switch primeiro.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Dez 2022, 18:09 
Membro de Platina
Membro de Platina

Registado: 17 Jun 2010, 15:45
Mensagens: 18844
Localização: Queluz City.
Thierry Henry Escreveu:
Eu parei o meu save com o Crato depois de ter saído o novo Pokémon, não dá para tudo. :P Mas já acabei o jogo, portanto a ver se ler estes posts do Zé me dá inspiração para não colar noutro jogo qualquer da Switch primeiro.

O que estás a achar?

Quero jogar mas gostava que a maioria dos bugs fosse resolvida primeiro.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 30 Dez 2022, 21:57 
Moderador
Moderador
Avatar do Utilizador

Registado: 30 Mar 2009, 08:38
Mensagens: 16998
Localização: Rio Tinto, Gondomar
Resende Escreveu:
Thierry Henry Escreveu:
Eu parei o meu save com o Crato depois de ter saído o novo Pokémon, não dá para tudo. :P Mas já acabei o jogo, portanto a ver se ler estes posts do Zé me dá inspiração para não colar noutro jogo qualquer da Switch primeiro.

O que estás a achar?

Quero jogar mas gostava que a maioria dos bugs fosse resolvida primeiro.
Para mim é o melhor que já joguei. Tem os seus bugs visuais e a performance não é excelente, mas em tudo o resto é fantástico.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 17 Jan 2023, 09:12 
Reflexo sem Nexo
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 13 Jun 2012, 21:42
Mensagens: 11564
Localização: Lordelo
Como andam os preços disto?

_________________
Imagem

It never gets easier, you just go faster.


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 17 Jan 2023, 09:27 
Membro de Platina
Membro de Platina
Avatar do Utilizador

Registado: 16 Jun 2010, 18:25
Mensagens: 12425
Localização: Leça da Palmeira/ Vila Pouca de Aguiar
Thierry Henry Escreveu:
Resende Escreveu:
Thierry Henry Escreveu:
Eu parei o meu save com o Crato depois de ter saído o novo Pokémon, não dá para tudo. :P Mas já acabei o jogo, portanto a ver se ler estes posts do Zé me dá inspiração para não colar noutro jogo qualquer da Switch primeiro.

O que estás a achar?

Quero jogar mas gostava que a maioria dos bugs fosse resolvida primeiro.
Para mim é o melhor que já joguei. Tem os seus bugs visuais e a performance não é excelente, mas em tudo o resto é fantástico.


Há um aspeto que eu continuo a não gostar. No campeonato onde estamos a jogar os goleadores marcam muitos golos. No Benfica o meu PL.faz sempre 40 e tal golos e há sempre quem acompanhe. Por outro lado vemos os Haalands etc a marcar 20 golos nos campeonatos

_________________
Imagem


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Football Manager
MensagemEnviado: 17 Jan 2023, 10:47 
Membro de Platina
Membro de Platina

Registado: 17 Jun 2010, 15:45
Mensagens: 18844
Localização: Queluz City.
Quem é que ganhava numa luta, Haaland ou Dragonite? :mrgreen:


Topo
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 11115 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 737, 738, 739, 740, 741

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group Color scheme by ColorizeIt!
Traduzido por phpBB Portugal